Quais são os exames parasitologicos?

Exames parasitológicos são exames laboratoriais necessários para procurar a presença de parasitas no corpo humanos. Parasitas são pequenos seres vivos que retiram de outro ser vivo seus substratos para sobreviver, sendo encontrado em diversos animais e também no homem. São considerados comuns e de fácil prevenção e tratamento, raramente sendo a causa de morte.

exames-parasitologicos-quais-fazer




Os cinco tipos de parasitas que podem viver no corpo humano são: protozoa (unicelulares como a giárdia, trichomonas, dentre outros), platyhelminthes (verme com formato achatado como a solitária e a saginata), nematoda (como as lombrigas da ascaridíase), acantocephala e athropoda (mosquitos contaminados). Apesar de ser seres minúsculos podem causar doenças sérias ao corpo humano e atrapalhar seu funcionamento e com um corpo desnutrido ou com alguma doença pode levar a morte.

Doenças causadas por parasitas – O contágio de doenças por parasitas pode ser causado de diversas formas, sendo a mais comum a ingestão de alimentos e água contaminada, caso da amebíase e giardíase. Picadas de mosquitos contaminados com os protozoários também podem transmitir algumas doenças causadas por protozoários como a malária, leishmaniose e a doença de chagas. Já a tricomoníase é causada por contato sexual ou compartilhamento de itens como vaso sanitário. 


Sintomas – apesar de serem doenças causadas por seres vivos diferentes, os sintomas são bem comuns a todas indo de dor cabeça e febre a diarreia frequente, fraqueza muscular e falta de apetite. A toxoplasmose tem sintomas mais fortes como gânglios linfáticos inchados e falta de disposição. 

Conheça os exames parasitológicos

Os médicos podem solicitar exames parasitológicos tanto em suspeitas como por rotina. Eventualmente clínicos gerais vão pedir os exames, assim como seus médicos de rotina como ginecologista, endócrino, dentre outros. Leva-se em consideração a examinação constante a forma simples de contágio, como por água contaminada, alimentos mal lavados e ter visitado zonas de risco como com esgoto aberto e banhos de rio. Os principais exames são:

Exame de sangue – uma gota de sangue é examinada em uma lâmina em busca da presença de parasitas vivos ou mortos. A coleta pode ser feita em qualquer dia e horário e sem a necessidade de jejum. Pode se usar métodos como esfregaço da gota, reação por substâncias, dentre outros. 

Exame de fezes – é o mais conhecido. Você deve receber um pequeno pote (ou comprar em uma farmácia) para colocar suas fezes e levar a um laboratório para análise clínica. É nas fezes que os parasitas mais se manifestam, por isso a forma mais comum de analisar.

A indicação médica é realizar os exames ao menos uma vez ao ano. O tratamento pode ir de uso de medicamentos em casa até uma internação em casos mais graves para hidratação e medicar, depende do estado do paciente. Atualmente são considerados raros os casos de morte por doenças causadas por parasitas porque a prevenção é o melhor remédio. Os cuidados simples são lavar frutas e verduras com cautela mesmo que sejam de supermercado e não apenas de feiras livres, beber sempre água filtrada ou fervida e realizar os exames de rotina anuais.


Deixe um comentário